Comentários em múltiplas linhas no Vim

Se você utiliza o Vim assim como eu deve saber o mundo de comandos, shortcuts e plugins para um dos editores de texto mais antigos da história.
Neste post vou mostrar como fazer comentários utilizando o Vim.

  1. tecle Esc (para sair do modo de edição)
  2. aperte ctrl + v (para entrar no modo visual)
  3. utilize as setas  ↑ / ↓ para marcar as linhas que deseja comentar
  4. tecle Shift + i (pode ser na última linha marcada)
  5. Insira o comentário exemplo #
  6. tecle Esc Esc, para finalizar

Verificando a velocidade de banda via shell

Fala pessoal, esta dica muito útil pode ser aplicada para qualquer servidor com suporte a Python 3. Aqui básicamente você irá executar um comando que acessar via curl o Speedtest CLI que é interpretado depois pelo Python.

curl -s https://raw.githubusercontent.com/sivel/speedtest-cli/master/speedtest.py | python3 –

A saída do comando deve ser algo como no exemplo:

Retrieving speedtest.net configuration…
Testing from HEG US (209.126.127.134)…
Retrieving speedtest.net server list…
Selecting best server based on ping…
Hosted by Fidelity Communications (Sullivan, MO) [95.94 km]: 16.542 ms
Testing download speed……………………………………………………………………..
Download: 536.30 Mbit/s
Testing upload speed…………………………………………………………………………………………
Upload: 482.37 Mbit/s

A experiência de criar meta humanos com Unreal Engine

A Unreal disponibilizou para quem quizer testar o Meta Human Creator. Uma ferramenta web desenvolvida com o Unreal Engine onde o usuários mesmo sem experiência nenhuma de modelagem 3D possa criar sua versão de meta humano.

A ferramenta desenvolvida com frontend ReactJS pode ser acessada de qualquer computador com uma GPU gráfica acima de 512MB. Crie seus modelos de forma simples e extremamente destalhada. Vale a pena conferir

https://metahuman.unrealengine.com/

Maker – Invenção que possibilita utilizar qualquer máscara com óculos sem embaçar as lentes

Um pouco off-topic dos conteúdos criados aqui no blog mas resolvido compartilhar com vocês uma invenção que eu produzi para estes tempos de pandemia. O NoseCliper é um suporte para o nariz que impede que as lentes do seu óculos seja embaçada.

O detalhe é que você pode utilizar qualquer máscara de pano que ela irá ter o mesmo efeito.

Descrição
Material PLA
Tamanho ( pequeno, médio e grande )
Preço: R$ 20,00 pack com duas unidades
Compatível com todos os tipos de máscaras

Para adquirir o produto acesse mande um direct no Instagram jaccon.andre

 

 

 

Recuperando Owncloud corrompido com instalação no Docker

O Owncloud é uma ferramenta muito interessante para gestão de arquivos em nuvem open source. Ele possui a possibilidade de utilização de bancos de dados SQL Lite que vem por padrão ou MySQL/PGSQL.

Eu resolvi descrever aqui a solução para o problema que identifiquei nestes dias para uma instalação que estava com o banco de dados SQL Lite corrompido.

Vou descrever aqui as soluções de como você pode fazer para recuperar ou mesmo atualizar o Owncloud de forma manual. No meu caso estou considerando que o Owncloud está instalado em um container Docker

  1. Fazendo backup da pasta data
  2. Atualizando a versão
  3. Configurando o Owncloud
  4. Criando os usuários
  5. Fazendo scan de arquivos de todos os usuários

1- Fazendo backup da pasta data
O primeiro passo antes de tudo é fazer o backup da pasta data de seu Owncloud. Dentro dela está todos os arquivos e também o banco de dados SQL Lite da aplicação. Siga o exemplo abaixo:

cd src
mv data ../data.bkp

No comando acima estou considerando que a pasta src é onde estão os arquivos de instalação do Owncloud. Eu vou a pasta data para fora do src.

rm -rf src

Neste comando acima eu estou removendo a estrutura antiga de arquivos da aplicação Owncloud.

mkdir src
chown -R www-data.www-data src

Com este comando eu estou criando uma nova pasta src e depois atribuindo o usuário e grupo www-data para esta pasta.

2- Atualizando a versão
Inicie o docker para criar a estrutura de arquivos atualizada do Owncloud. Lembre-se de deixar a imagem em seu Docker Compose como owncloud:latest

Exemplo:
docker-compose –aplication-name=”my-drive” up -d

3- Configurando o Owncloud
Agora que seu container Docker já foi iniciado primeiramente verifique se ele está rodando você pode testar com o comando:

docker ps |grep mydrive

Se tudo estiver OK você consegue acessar o container através do domínio ou através do ip+porta de sua aplicação

4- Criando usuários

Depois de iniciado o container se entrando na interface de administração você deve criar os usuários que estavam cadastrados no Owncloud corrompido. Você pode fazer isto dando um comando ls -l dentro do diretório data que foi efetuado o backup.

Depois disso crie pela interface de dashboard mesmo do Owncloud estes usuários

5- Fazendo scan de arquivos de todos os usuários

Agora chegou a parte mais importante do processo de recuperação do seu container Owncloud. Depois de criado os usuários com os mesmos nomes das pastas que você tinha na instalação anterior, você deve fazer um scan para identificar todos os arquivos/diretórios da instalação anterior.

Entre primeiramente no container Docker que está rodando a sua nova instalação do Owncloud

docker exec -it mydrive /bin/bash
apt-get update
apt-get install sudo
sudo -u www-data php console.php files:scan –all –verbose

Aguarde a leitura/indexação de todos os arquivos contidos no Owncloud. Depois deste processo você já pode utilizar o Owncloud com todos os arquivos e diretórios.

 

 

O que esperar de 2022 no mundo da Tecnologia

O ano de 2022 seguindo ainda a onda de inovações e tendências de 2021 irão se intensificar neste novo ano. No Vale do Silício as principais tendências para este ano serão:

  1. Realidade Aumentada
    A realidade aumentada irá se intensificar principalmente com as ações de grandes empresas como a Meta ( Facebook ) neste segmento. Por aqui nada de tecnologia nova mas a tendência
    de grandes empresas começarem a utilizar os supostos metaversos para criar uma nova experiência de usuário irá alavancar a utilização de realidade aumentada.
  2. Metaverso
    Se o metaverso terá o poder de revolucionar a forma que consumimos conteúdo na internet não sabemos ainda, até por que estamos falando de novas experiências que já estamos acostumados a utilizar em ambiente exclusivos dentro de jogos por exemplo. Mas é uma das apostas da Meta ( Facebook ) tanto é que a big tech mudou o nome da empresa para intensificar neste segmento. A Microsoft está planejando de lançar em 2022 o seu metaverso que ainda não será em 3d.
  3. Criptomoedas e NFTs
    As criptomoedas e os NFTs ( Non-fungible token ) ganharão mais força com muitos paises regularizando cripto ativos e tokens. A expectativa é que as principais criptomoedas se consolidem neste mercado que mais cresce.
  4. Internet of Hehavior
    Internet de Comportamento são tecnologias que tem a possibilidade de oferecer algo que o usuário precise no momento certo. Esta ferramenta é muito útil para empresas de publicidade e marketing mas também por um lado tem muitas pessoas que acham que tecnologias como Google Assistent, Siri, Alexa entre outros quebram a liberdade e privacidade. A um movimento muito grande até de grandes empresas no Brasil para utilização destas tecnologias.

Começando com impressão 3D – Utilizando impressora Creality Ender 3

Este post é destinado a aqueles que querem começar com impressão 3D. Depois de pesquisar bastante eu acabei optando por comprar uma Ender 3 da Creality.
Deixa aqui logo no começo minha primeira impressão. Se você acha que irá comprar a impressora e sair imprimindo igual faz com a aquisição de uma impressora de papel esquece.

Começando pela montagem da impressora que vem totalmente desmontada. Eu levei umas 3 horas para montar a impressora e mais ou menos uns 2 meses para pegar todas as particularidades e cuidados que a impressora precisa para fazer impressões de forma continua.

Algumas dicas que eu sempre utilizo depois de quebrar tanto a cabeça:

  1. Fazer um nivelamento da impressora a cada 03 impressões
  2. SEMPRE, retirar o filamento depois de imprimir
  3. Fazer uma extrusão de 50mm toda vez que ligar a impressora para remover a sujeira do bico hotend
  4. Sempre verificar o nivelamento da mesa toda vez que começar a imprimir
  5. Utilizar um fixador de cabelo para ajudar na aderência do filamento na mesa
  6. Sempre utilizar um filamento de boa qualidade
  7. Baixar os upgrades ( peças auxiliares ) no Thingverse

A Ender 3 é uma impressora OK para começar na impressão 3D no que diz qualidade de impressão. Para não se frustrar entenda que a montagem e utilização requer atenção e algum conhecimento técnico para manusear e começar a fazer boas impressões.

Conhecendo as peças da sua impressora Ender 3

Na imagem abaixo estou enumerando todas as partes da impressora Ender para que você possa identificar suas principais características

  1. Extrusora
  2. Bico do hotend
  3. Encaixe do eixo Y
  4. Mesa
  5. Roldanas de nivelamento da mesa
  6. Conector de armazenamento Sdcard
  7. Compartimento da motherboard
  8. Fonte de alimentação
  9. Tubo TPFA ( tubo de passagem do filamento )

Quer saber na prática as principais dicas para começar a utilizar a impressora Ender3 ? Assine meu canal e ative as notificações no Youtube com dicas sem enrolação
de que você deve ou não fazer para utilizar a Ender 3.

https://www.youtube.com/channel/UCLI_395Gs87LU0cdWWrfvVg

Links úteis

Repositório de arquivos STL para impressão
https://www.thingiverse.com/

Cubo de calibração de camadas
https://www.thingiverse.com/thing:1278865

Upgrades para Ender 3
https://www.thingiverse.com/thing:4752137

 

 

 

Adobe Creative Suite Remove Tool Script

Olá pessoal,

estou compartilhando um script que eu fiz para remover o CC Suite pelo terminal.
Isto auxília quando as ferramentas do CC não funcionam ou estão corrompidas.

Para baixar utilize o repositório do Github abaixo.

https://github.com/jaccon/cc-remove-tool

 

 

Instalando e configurando o Collabora no Docker + Docker Compose

Fala pessoal, eu resolvi criar este tutorial por que tive que instalar uma infra estrutura no Docker para um cliente e por ter poucos documentações na internet
e nenhuma em português.

1)Baixando a última imagem do Collabora
É interessante que você baixe a última versão do Collabora para manter a compatibilidade com o Nextcloud.docker pull collabora/code:latest

2) Configurando o Docker-Compose
Para você configurar o Docker Compose de uma olhada neste exemplo abaixo:https://gist.github.com/jaccon/16080e5a5b5abcadcca1f09a2c8d3d1d.js

3) Criando um arquivo .env com as configurações
Você deve criar um arquivo .env na raiz de seu container levando as seguintes informações:
COLLABORA_USERNAME=admin
COLLABORA_PASSWORD=veecheit0Phophiesh1fahPah0Wue3 *** sua senha aqui
COLLABORA_DOMAIN=collabora.dominiolocal.com

4) Criando os scripts de start e stop do Docker Compose
Eu sempre crio nas minhas infra-estrutura Docker os scripts de start e stop. Eles auxiliam no carregamento e desativação dos containers.

Segue abaixo os exemplos:
start.sh
https://gist.github.com/jaccon/975e5e37866edfabf7b5c4f22247ab18.js

stop.sh
https://gist.github.com/jaccon/49ce4c1d67874fcac9868a33792f5922.js

5) Configurando o NGINX 
Um último detalhe muito importante é configurar adequadamente o apontamento para o container dentro do NGINX. Para isto crie um arquivo como no exemplo abaixo dentro do diretório /etc/nginx/conf.d/collabora.teste.local.com.br  ( apenas um exemplo de nome de arquivo )

https://gist.github.com/jaccon/3046d44963b120b0ea4b4365bb6a720e.js

6) Colando o Collabora de pé
Depois de criado os scripts de start e stop e de criar o arquivo de zona do NGINX basta rodar os comandos abaixo:

bash start.sh && nginx -t && service nginx reload

Aumentando a performance de sites em WordPress

O WordPress é um CMS dos mais conhecidos pelos desenvolvedores. Por sua arquitetura MVC baseada em componentes ( plugins ), ele pode fica fácilmente carregado
e trazer problemas de performance principalmente se estiver utilizando a versão do PHP diferente da versão 7x.

Existem diversos plugins de cache disponíveis no mercado mas sem sombra de dúvida o plugin mais performático que eu encontrei principalmente para quem busca
alta disponibilidade é Wp Rockets Cache desenvolvido pela empresa americana Wp Rocket.

Este plugin faz a entrega de todo o conteúdo produzido em formato HML,CSS e Javascript ( minimificado ) e com possibilidade de correção dos tamanhos de imagens.